Bad Trip: o retorno – Street Hockey 95 (Snes)

Saudações aos sobreviventes.

E dá-lhe repostagens, mas elas são por uma boa causa, pois está retornando talvez a seção mais  visitada do blog antes do cataclisma, o Bad Trip. Para quem não sabe, escrevo.  Bad Trip é a seção destinada a humilhar, esculachar, tripudear e massacrar games que são tão ruins que jamais deveriam ter sido lançados. E jamais deveriam ter sido jogados também. De volta ao pelourinho eu exponho novamente a ruindade de Street Hockey 95, o último jogo que analisei nessa seção. Vaiem, joguem ovos podres e tomates, enfim, aproveitem para detonar com essa lixo.Street Hockey 95 merece ser achovalhado novamente.

Para o retorno (nada) triunfal, resolvi ir fundo no nebuloso e ainda não totalmente explorado universo dos jogos ruins que jamais deveriam ter sido lançados. Porém, dessa vez fui tão fundo que peguei um jogo que além de ser muito ruim, é absolutamente insignificante e patético: Street Hockey 95, lançado para o falecido Super Nes. Nossa, que horror de game.

Durante um estranho tempo em que as pessoas tinham hábitos bizarros como sair de casa a pé e alugar cartuchos de videogame, eu frequentemente buscava uns jogos diferentes para dar umas jogadas descompromissadas, e os títulos esportivos eram ótimos dentro desse esquema. Como na época eu conheci o clássico eterno NHL 95 e fiquei fã de hóquei no gelo (acompanho o Vanvouver Canucks até hoje), comecei a fuçar jogos de hockey para consoles, já que o 486 era do meu pai e nem sempre eu poderia usar a máquina. E foi em uma tenebrosa tarde de um provável fim de semana que conheci aquela abominação.

Vocês devem se perguntar como é que eu peguei o jogo com uma capa horrível como aquela. Pois é, não sei responder essa pergunta, embora obviamente eu já suspeitasse que aquela coisa denunciasse a falta de qualidade geral do produto. Mas como estava querendo jogar alguma coisa relacionada a hóquei, resolvi ver se aquela gororoba era ao menos jogável. Não era. Ou melhor, era dos piores jogos de videogame que joguei em minha existência, superando até mesmo algumas atrocidades que já mostramos em Bad Trips anteriores.

O jogo como um todo é uma piada de péssimo gosto, sendo mal executado em todos os aspectos. A direção de arte não tem direção nenhuma, com uma tentativa de estilo futurista e personagens trajados como se estivessem eu um programa infantil dos anos oitenta. Os gráficos são ruins, com cores “lavadas” e sem definição, as animações são precárias, os cenários são genéricos e vazios, absolutamente mal resolvidos. Por falar nos personagens, esse jogo tem a seleção dos tipos mais estúpidos e idiotas possível, como um jamaicano que grita “Nigga!!!”, ao ser escolhido, um cara que usa capacete de motocross, entre outros debilóides, sem qualquer diferença prática entre eles.

A ação das partidas é totalmente desconexa, os patetas respondem mal e além de ser porcamente animados, suas sprites parecem flutuar sobre o asfalto, mais parecendo uma pista de futebol de sabão. Fazer um gol é uma tarefa inglória até para o computador, cujas rotinas parecem ter sido programadas por um bêbado recém abandonado pela mulher.Até me lembro das transmissões esportivas do imbecil do Galvão Bueno, em que ele dizia que Alemanha jogava um treco que parecia futebol, mas que funcionava. Em Street Hockey, tenta-se jogar alguma coisa que no game parece com Bocha da associação dos dislexos com hipermetropia, mas nada funciona.

Um lixo total, isso que esse jogo é. ST 95 é tão obscuro que sequer possui algum review, nem mesmo no Gamefaqs, o maior banco de dados de jogos que conheço. Isso para vocês verem o quão fundo fui em busca de porcaria para escrever sobre. Como provavelmente não deve existir nem cartucho pirata desse game patético, poupem seus emuladores, não façam isso com eles. O pior é que até hoje nunca mais voltei a jogar algum game de esporte de rua, nem sei se os Fifa Streets da vida prestam, não posso ver uma bola e esfalto que me lembro daquela monstruosidade de 95.
Até a próxima, amigos.

4 thoughts on “Bad Trip: o retorno – Street Hockey 95 (Snes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *