Cool Vibrations: Pokemon Pinball (Game Boy Color)

Saudações aos leitores.

O post de hoje resolveu ser meio “retrogamer”, uma vez que não ando jogando muito jogos recentes (depois de Pokemon Y, só comecei Zelda A Link Between Worlds, escreverei assim que terminá-lo) vou jogando uns games antigos mesmo. E foi nesse esquema que aproveitei pra arranjar um bem conservado cartucho de Pokemon Pinball, um trambolhinho pra lá de curioso e chamativo:

Embora Pokemon Pinball fosse apenas um spin off da franquia principal, o capricho do jogo começava por seu cartucho especial que, com o uso de uma pilha AAA, podia executar o famoso efeito “rumble”, simulando assim as trepidações típicas de uma mesa de pinball. À parte esse detalhe físico, o fato é que o jogo em si era bom não somente na simulação das regras dos pinballs reais, como na forma que o contexto Pokemon fora inserido.

Lançado ainda na época da primeira geração, Pokemon Pinball conta com uma mesa baseada nos jogos de então, Red e Blue, que embora parecidas, contavam com pequenas distinções entre si na forma de realizar os principais objetivos do jogo além de ganhar pontos: capturar e evoluir os 151 pokemons presentes no cartucho. E é aqui que o contexto Pokemon fora bem mesclado à do Pinball real, pois enquanto nas mesas físicas o jogador normalmente precisava acertar sequenciamente a bola em pontos específicos para conseguir acionar eventos como multiball ou temáticos (como o T-Rex do Pinball de Jurassic Park, por exemplo), em Pokemon Pinball o jogador precisa acertar as bolas (sem trocadalhos do carilho, por favor) em pontos específicos e dentro de um tempo estipulado para capturar um pokemon e depois realizar uma nova sequência para poder evoluir as criaturas.

Talvez o único evento que fuja de ser um Pinball tradicional e realmente aproveite a natureza puramente digital (afinal, Pokemon Pinball é um video game) seja a presença de simpáticos mini games com alguns Pokemons, desde Meowth até o Gengar. Ainda sim, o restante do jogo é o que você encontraria em qualquer mesa de Pinball tradicional. E por falar nisso, o interessante é que os demais elementos típicos dos Pinballs foram bem encaixados no contexto Pokemon também, como os Voltorbs e Shellders bumpers, o Pikachu ball saver, Slowbro e Bellsprout triggers etc. Tudo isso faz com que em alguns minutos você até esqueça que está jogando um Pokemon e curta o jogo como um Pinball temático, tal qual uma mesa física. Se bem que gastei um bom tempo tentando completar a Pokedex, bem naquele esquema de “só mais uma partidinha e…lá se foi uma hora”. Ah, e vale destacar também a boa trilha sonora presente, contando até mesmo com o tema original  do anime nos momentos de captura de Pokemon, pouco conhecida e tocada no ocidente (todo mundo conhece mesmo mesmo a “Gotta catch ´em all da versão americana).

Falando um pouco do aspecto técnico, Pokemon Pinball possui gráficos excelentes para o padrão humilde do Game Boy Color, com sprites coloridas e bem animadas, sendo que as mesas possuem boa quantidade de elementos considerando a limitada resolução de tela do portátil. Surpreendente mesmo foi a boa simulação da física da (poke)bola, que rola e reage com razoável realismo, sendo possível até aplicar batidas de diferentes ângulos e força com os flippers, tal qual uma mesa real. Sim, aquelas manhas de segurar a bola, mirar e bater de pronto funcionam muito bem. Claro que tem suas limitações, mas para um jogo de GBC, Pokemon Pinball faz muito bem seu trabalho.

Pokemon Pinball é o exemplo perfeito do que um jogo portátil tem que ser, pois entrega uma experiência “pick up and play” pra lá de divertida e rápida, ao mesmo tempo que dá ao jogador alternativas para explorar partidas mais extensas para capturar e evoluir mais criaturas, pular de cidades e abrir todos os mini games. Particularmente achei o jogo ótimo também para uma partidinha express antes de dormir, as vezes alternando entre as mesas. Se bem que nessa brincadeira eu já completei metade da Pokedex. Está aí um jogo que compraria fácil caso a Nintendo lançasse um “Pokemon X&Y Pinball” para o 3DS.

E por hoje é só, pessoal. Até o próximo post.

AvcF – Loading Time.

3 thoughts on “Cool Vibrations: Pokemon Pinball (Game Boy Color)

  1. Seria uma boa a Nintendo lançar esses jogos no VC do 3DS, já que os que todos pedem nunca saem. Outro pokémon interessante para sair no VC do 3DS é o TCG. A Nintendo fica enrolando para lançar os pokémons no VC, ja até perguntaram isso em alguma entrevista algum tempo atrás (acho que da IGN) e a resposta foi que se a pokémon company quiser o jogo sai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *