Pérolas publicadas: Sonic Heroes na Nintendo World

Nintendo

Saudações aos comuns.

Sonic Heroes foi apenas mais um tropeço no caminho de fracassos pelo qual Sonic e a própria Sega passam nos últimos anos. Disso vocês já sabem, creio eu. O que mostrarei aqui no post de hoje é como uma publicação de games consegue mudar tão radicalmente de opinião sobre um jogo, que a princípio já não é grandes coisas, em questão de alguns anos. Sei que coerência não vende revista, mas aí já é demais. Acompanhem.

Sou honesto com vocês: nunca joguei Sonic Heroes inteiro, apenas aquele demo que vinha no disco extra do Mario Kart Double Dash. Ainda sim, nem daquilo eu consegui gostar, com aqueles controles estranhos, o confuso e desnecessário sistema de trios e os bugs a granel. Também desconheço um sacripanta que seja que tenha gostado daquela gororoba. Até conseguiu uma média respeitável no Metacritics, embora sites como a Edge, 1up, EGM e Eurogamer tenham detonado com o joguete. Em 2004 a revista brasileira Nintendo World avaliou o jogo e não teve vergonha de rasgar a seda e achar aquilo tudo o máximo. Tudo certo, faz parte do jogo, coisa e tal. Aí eles arrematam a análise dessa forma:

Como nos velhos tempos

Fofo, não? Praticamente uma declaração de amor ao jogo que, segundo o redator, seria tão bom quanto Super Mario Sunshine. Não acho ser lá muito vantajoso ser equivalente ao pior jogo tridimensional do Mario, embora não me lembro de Sunshine ser um jogo bugado e frustrante. Curioso também que a formula do jogo que “era tudo o que os fãs do porco espinho sonhavam” foi rapidamente esquecida pela Sega, que passou os anos seguintes tentando (e fracassando) criar o game que realmente “era tudo o que os fãs do porco espinho sonhavam”. De bugs e câmeras defeituosas, cavaleiros, paixonites furries e lobisomens, foram só vexames um atrás do outro. Mas tudo bem, afinal antes de mais nada uma análise é a opinião de quem a escreve. Essa opinião ser bem fundamentada e bem redigida são outros quinhentos, mas uma análise não deixa de ser apenas uma opinião.

Mas o tempo passou e o jogo ficou esquecido nas areias da mediocridade gamística. Até que quatro anos depois a mesma Nintendo World resolveu se lembrar de Sonic Heroes em uma mini seção de curiosidades do universo Nintendo. O tema da vez eram as “Dez piores sequências” englobando séries de jogos. Entre os contemplados estavam jogos como Final Fight 3, Donkey Kong Country 3, Star Fox Assaut, entre outros, que em resumo eram descritos como inferiores aos seus antecessores. Mas foi aí que o divertido, colorido e repleto de ação Sonic “”era tudo o que os fãs do porco espinho sonhavam” Heroes foi carinhosamente mencionado:

Sonic Heroes

Que mudança, não? O mais incrível é que o está escrito é de fato verdade. Mas o que lhes pergunto é como diabos um mesmo jogo pode cair tanto de conceito numa mesma publicação? Claro que com os anos ocorrem mudanças em redações de todas as publicações, mas isso por outro lado mostra que ninguém lá se preocupou em checar o que eles mesmos publicaram. O resultado disso é que talvez pela primeira vez na história dos games um título consegue cair vertiginosamente de qualidade em quatro anos. Já pensaram ver uma IGN, 1up ou EDGE avaliar um game e alguns anos depois eles mesmos dizerem que o mesmo é uma porcaria? Ou será que o jogo varia a cada quatro anos e talvez da próxima vez ele volte a ficar bom? Alguém ouviu falar em coerência? Custa baratinho e tem genérico.

Outro detalhe meio esquisito é que Sonic Heroes sequer poderia figurar aquela galeria, pois ele não é sequência de nada , como Adventure 2 é em relação ao primeiro Advenrure ou Black Knight é de alguma forma em relação ao Secret Rings. Seria como dizer que Knuckles Chaotix é sequência de Sonic & Knuckles. Heroes foi apenas mais uma experiência dos designers da Sega, que foi tão boa mas tão boa que nunca mais tentaram repetir. Foi apenas mais uma prova da total falta de direção que a empresa tem com seu personagem, do quão perdidos eles estavam e ainda estão.

E acabou também se tornando mais uma pérola publicada. Nada vergonhoso como a última pérola descoberta pelo blog, mas não deixa mais uma amostra que nosso jornalismo de games as vezes não entende lá muito de games.

Abraços e até o próximo post.

André V.C Franco/AvcF – Loading Time.

19 thoughts on “Pérolas publicadas: Sonic Heroes na Nintendo World

  1. eu sempre fui fã da NW e talz… mas tenho q concordar q muitas vezes eles superestimavam muito alguns jogos… e as vzs falavam muito dos pontos altos e esqueciam de dar a merecida “enfase” aos defeitos dos jogos… eh… mas msm assim ela me divertia…

  2. Outro detalhe claro é a forma como eles fundamentam a avaliação deles.Acho até que já foi comentado isso alguma vez no blog.E infleizmente não é só a NW, várias outras revistas, como a Playstation. E não só revistas como a midia brasileira de games em si também é assim.Vide sites que muita gente confia hoje como baixaki jogos ou uol jogos.

    Frases como:”jogo divertido e colorido” ou “fases chatas e defeitos de concepção (o que seria isso aliás o.o?) graves”.
    Avaliações tão profundas né?? UHAUHAUHA

  3. Quando, todo emocionado, consegui liberar o Sonic no SSBB e começou a tocar aquela musiquinha “Sonic heeeeeroooeeeess!” me deu um desânimo… Ao menos é o primeiro jogo desde “Sonic & Knuckles” que ele está melhor que o Mario.

  4. ei, donkey kong 3 é legal tá! u.ú
    na verdade, foi o único dos 3 que eu consegui fazer os 105%
    e 2:52 minutos (batam essa!)
    huaehuaeuhauheahueaua

  5. @Edwazah:

    Concordo que DKC 3 é maravilhoso, mas DKC 2 é maior e mais difícil, e tem as músicas mais grudentas da série também, apesar dos gráficos serem os menos bonitos (não dá pra chamar de feios) da série.
    O jogo trouxe também uma série de novas habilidades e transformações animais, sem contar que já nõ dava mais para encontrar os segredos “sem querer” como no primeiro jogo da série.
    O terceiro jogo não inovou muito, apenas trouxe novas fases (lindas, é verdade). Talvez por isso tenham o considerado inferior.

  6. @roger

    Na verdade, não.
    Eu li essa matéria da Nintendo Power, e la eles alegam que o DK3 foi o mais feio dos três e com os personagens mais fracos,e por isso ele foi um Country inferior.

    O que eu não entendo, já que para mim a parte artistica do DK3 é a mais bela e com mais detalhes, embora os outros sejam magnificos também.E acho que ele é o mais díficil também, mais que o 2.
    No entanto, acredito que o DK2 tenha sido melhor em quase todos os outros aspectos, principalmente som.

  7. Santa incoerencia…
    E esse jogo até q é legal =P, na minha opinião, foi o jogo melhorzinho q saiu do sonic (em 3d) depois dos Adventures…

    so pra constar:
    O DEMO q veio no mario kart eh bugado mesmo… no jogo completo nao me lembro de ver os bugs bizarros q tinha no demo =P

  8. foi o único jogo 3d do sonic que eu joguei mais que 1 fase (joguei o adv 1 e 2 1 fase cada na casa de um amigo uns vários anos atrás) e não gostei….

    o dk2 é o melhor, sem sombra de dúvidas!!!!
    mas eu discordo sobre o dk3 ser o mais difícil….
    depois que vc termina ele 1 vez, depois começa a pegar a manha… 😀

    acho até que tem menos fases que o 2…

    agora, o 1… meu deus, como ele tem warp zones oO’
    o do 3 eu não usava, pq passava a fase sempre pegando os bonus mais rápido possível…. mó de boa fazer 105% (a primeira vez eu tinha 5 horas e vários)…. vc acaba decorando onde fica cada bonus… e as DKs são super fáceis de acertar 😀

  9. @Thales
    Nada contra, mas é a primeira vez que vejo isso uahuaha.
    Mas é normal, assim como eu mesmo nunca fui muito com a cara de nenhum Star Fox.

  10. Starfox não fica muito atrás também não. Existem inúmeros shooters melhores… Quanto ao DKC: para que jogá-lo se eu poderia jogar Super Mario World?

  11. Lendo algumas edições da nintendo world da época do nintendo 64,a impressão que me da é de que a nintendo era á líder daquela geração.Os números de vendas divulgados(principalmente para Pókemon),os previews de algums jogos que hoje são considerados de gosto duvidoso,tudo lindo,tudo maravilhoso…

    O conceito de Sonic Heroes de misturar plataforma,velocidade e estratégia é bem interessante.Uma pena que o Sonic Team falhou na execução desse conceito em alguns pontos.Se tivessem se concentrado apenas no trio Sonic/Tails/Knuckles e levasse um pouco mais de tempo corrigindo alguns problemas como a câmera por exemplo,poderia ter saído um jogo mais consistente.Mesmo assim,acho que o jogo ta longe de ser esse lixo que alguns dizem,ele tem sim suas qualidades…

    E Donkey Kong Country é a melhor série de plataforma 2D do Super Nintendo,ao lado dos jogos de Mario,sendo que o jogo do Gorila supera em muitos pontos os jogos do encanador.

  12. nunca gostei de ouriços azuis ou consoles não nintendo/sony(nao sou ista)
    pq sei lá,nunca curti os consoles da sega e jogos feitos pela mesma,so mesmo o dreamcast q eu acho que foi a maior maldade da história,um console melhor q o ps2 e que foi detonado pela sony.

    e tá loco,elogiar tanto um jogo apra anos depois sentar a púa?!?!? sacanagem XD

  13. Como muitos aí acima, também tenho de admitir que fui um grande fã da Nintendo World como um todo! Aliás, foi ela a culpada por eu ter me envolvido mais profundamente com os jogos, não sendo apenas um entretenimento na locadora do Seu Dedé. O problema foi sempre essa puxação de saco, essa falta de opinião e descaso com o público mais crítico! Está aí uma prova desses erros que infelizmente me fizeram ficar bem longe da NW…

  14. Eu tenho Sonic Heroes e sinceramente gosto do jogo. Assim como Sonic Riders, apesar da extrema dificuldade. Enfim, Sonic Heroes pode não ser excelente, mas cumpre bem o que promete.

  15. A Nintendo World teve seus tempos áureos. Uma redação realmente decente, na época do Nintendo 64 e no início da geração do Gamecube. Naquela, mesmo os consoles da Nintendo estando em 2º lugar, a Nintendo ainda tinha aquela banca toda, com jogos de sucesso garantido, etc. Avaliar Sonic Heroes como um jogo “excelente” foi realmente forçar a barra demais. Joguete, realmente. Em 2004, o Gamecube já dava sinais de que iria capengar e o XBOX iria tomar o 2º lugar definitivamente (embora por pouca diferença). A NW precisava fazer alguma coisa para chamar a atenção, mas apelaram para o jogo errado.

  16. Na verdade a redação inteira mudou e tal…
    Provavelmente quem elogiou esse jogo, nem trabalhava mais la. Mas igual é fail, ja que a nova equipe, deveria, no minimo se informar antes de fazer isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *