Wii U definitivamente é o novo GameCube

Saudações aos leitores.

Se alguém ainda tinha dúvidas de que o Wii U é o GameCube HD da Nintendo, essa notícia do Dromble mata qualquer divergência:

In Six Months, Wii U Sells 5 percent of 9 Million Annual Target

During the first six months ending in September, Nintendo has only sold 460,000 Wii U units — about 5 percent of its annual target of 9 million.

Nintendo reported selling 300,000 Wii U consoles during the second quarter (July through September) – an 87 percent increase over the previous quarter.  On average, that’s roughly around 100,000 Wii U’s sold each month. Not exactly great news since Nintendo is still keeping their target of 9 million Wii U consoles sold by the end of this fiscal year. The Wii U has sold 3.91 million units worldwide since it launched in November 2012.

Fortunately, there is some positive news on the Wii U side. Wii U software sales saw a 400% increase in Q2.  This was thanks to titles such as “Pikmin 3″ and “The Legend of Zelda: Wind Waker HD”.

Nintendo was overall profitable with an operating loss of ¥23.28 billion ($237 million) which is a 20 percent year-on-year improvement.  Net sales were totaled at ¥196.5 billion.

 

“Mas a venda de jogos aumentou 400%, AvcF, como fas?” Ué, a considerar que tirando New Super Mario Bros.U , a dúzia de jogos lançados para o Wii U até agora teve vendas ridículas, qualquer aumento parece grandes coisa mesmo quando não é. É como aquela continha que ao aumentar de 1 para 5 unidades, já temos esse mesmo aumento de 400%, por exemplo. E se considerarmos ainda todo o esforço de divulgação da Nintendo sobre os jogos citados, o ridículo fica maior. Aliás, Wind Waker HD não era o system seller da Nintendo? Pois é.

O Wii U é de fato o GameCube HD. Se duvidam, vejam só:

– Ambos foram vendidos com o jogador rardicóri em mente, mas são conhecidos como algo infantil;

– Tanto um quanto o outro  foi/será mais barato que os concorrentes, e ainda sim vendeu venderá menos (alguém dúvida da surra que está por vir?);

– Ninguém queria lançar jogos para um da mesma forma que todo mundo foge do outro;

– Ambos têm o mesmo Zelda, que por sinal fracassou duas vezes;

 

Miau, é isso aí. Parábens  Zacharias Iwata, Reggie, Aonuma, Miyamoto e cia. Olha aí o que vocês conseguiram.

 

Abraços e até o próximo post.

 

AvcF – Loading Time.

 

 

17 thoughts on “Wii U definitivamente é o novo GameCube

  1. A Nintendo tem algo a favor dela. As concorrentes fazem mais burradas que ela. Os novos consoles nem foram lançados e cada dia saem noticias que decepcionam mais!!!

  2. Tomara que seja tão bom quanto o Gamecube em termos de jogos. Por enquanto, não tem o apoio third que o GC teve, então ta mais pra Nintendo 64 sem a rare.

  3. Uai. Entao tambem devemos criticar a sony pelas burradas e vendas fracas do Vita, e por não fazer um caminhao de dinheiro com o ps3 como a nintendo fez com o ds/3ds

  4. O problema Wesley é que a sony nunca fez muito dinheiro. Ela não é uma empresa da escola de arcades, como Nintendo, Atari e Sega são. Ela é um empresa de computadores. Por isso, sua meta sempre foi dominar para depois tirar algum dinheiro. Pode comparar a lucratividade da nintendo com a divisão de games da sony, ano a ano, e você verá que são poucos anos que a sony conseguiu ganhar mais dinheiro que a nintendo, mesmo no auge do PS1 e PS2. A Sony não expandiu o mercado como a nintendo fez, ela apenas sentou na sua capacidade de abastecer o videogame no mercado global. E o estigma de videogame continou o mesmo.

    Por isso ele não é tão interessante quanto a nintendo e não merece muita nota

          1. tentando fugir da argumentação com ataques pessoais não vai funcionar.

            Já mostrei o que eu falei. Entender um pouco de economia faz bem para a vida. Ou você não sabe que vivemos num mundo capitalista? Sem lucros as empresas não tem dinheiro para investir, sem investimento as empresas não arriscam tanto, sem se arriscar as empresas ficam na mesmice, ficar na mesmice faz encolher o público potencial, logo acaba por diminuir ainda mais os lucros e reduzir a possibilidade de público. Chega um momento que os acionistas vão pedir a cabeça ou extinção da divisão de games na empresa. Logo, não haverá games mais para jogar. Portanto, não interessa ser gamer ou acionistas, não pode ser ignorante e achar que sem dinheiro um divisão vai durar para sempre.

          2. Camarada Moderado……, quem esta fugindo do real cerne da questão é você mesmo amigo.
            E entender de economia faz bem mesmo. A Nintendo é uma empresa exclusivamente de games, já a Sony , é um conglomerado, onde vira e mexe rola subsidio.
            Agora quando o sujeito tira o foco dos JOGOS , e oferta dos mesmos, e passa a falar das finanças de uma empresa ,ai é porque realmente a coisa tá feia.
            Aliás, o WiiU é um pessimo negocio até se comparado aos consoles da geração que acabou definitivamente hoje, com o lançamento do PS4.
            O que vale mais Camarada…, A Nintendo encher os bolsos de dinheiro, enquanto seus fiéis seguidores passam fome ( de jogos ). Ou estar abarrotado de titulos dos mais diversos estudios, e generos ?
            A Sony acaba de lançar o PS4 , ainda sim o PS3 já com seus 6 anos nas costas, tem uma oferta de jogos enorme, e não dá pra acreditar que um console com esse gás esta em fim de carreira.
            Aliás , gás e jogos é o que anda faltando pro vosso querido WiiU,

  5. Realmente meu Camarada uhsadhuas. É que realmente me incomoda o foco pessimista que muitas pessoas tem sobre a nintendo. Seu console é dado como morto mas é definitivamente bom. E pode, assim como o 3ds, melhorar muito sua participação de mercado. Porém depende de jogos pra isso.

  6. O subsidio não é para sempre. Ou, como disse antes, você acha que os acionistas majors e os investidores vão ficar colocando dinheiro numa divisão que não se sustenta? Esse é o ponto. A Sony não é la muito interessante pq, independente de gostos pessoais, ela perdeu mais que ganhou no mercado de games. Vende consoles subsidiados, cooptou empresas de PC e fez elas como seu carro-chefe, não tem um line up first party forte e todo sua escola vem dos PCs. Logo seria mais útil analisar os PC do que a sony. Tanto do ponto de vista econômico como da cultura gamer. Microsoft e Sony são tão PC disfarçados que o novo console de ambos é um computador( com processador de netbook, inclusive). Sua arquitetura lembra mais um computaodor do que um videogame( tu é obrigado a instalar o jogo).

    Que besteira, esse papo de jogos e etc. Eu adorei o Wii( até 2011 quando a nintendo o abandonou) e o DS. Este, inclusive é o melhor portátil da história, pois conseguiu unir milhares de gêneros diferentes mais os jogos touch generation. Não há console com variedade de jogos como o DS. Biblioteca monstra e de uma variedade absurda.

    A questão dos jogos é a seguinte: a empresa precisa fazer o que vende, o que dá lucro. Prefiro 100 New Mario bem produzidos, milhares de wii sports com investimento monstro a um Mario Galaxy. Esse papinho de analisar economia pq não tem jogo é um falacia tremenda. Pode-se comprar consoles de outras empresas, jogar no pc, mergulhar na biblioteca do DS e vai ter milhares de jogos para jogar. Só burro, sem dinheiro, não consegue jogar ou comprar apenas um console. Videogame é um hobby barato e que dá para ter vários consoles. Estuda economia de mercado de games porque é extremamente interessante e única: os games são uma vertente econômica particular, que não se encontra par em nenhum outro ramo do entretenimento.

  7. Desculpe pelos longos posts, AvcF.

    Não recomendo comprar o wiiu, nunca disse isso. Eu não tive Gamecube( só tenhos os Resident Evil e os Star Wars), como ainda não tenho o Wiiu.

    Esse não é o ponto.

  8. 9.8/10 na IGN do Zelda Wind Waker HD – 9.6/10 no Wind Waker de Game Cube é um fracasso? Quero jogar jogos fracassados pelo resto da minha vida. Quem pensa que o Wind Waker é um fracasso é pq nunca teve saco de jogar ou nunca teve mesmo. Se você gosta de Zelda Ocarina Of Time, se vai amar o Wind Waker. É um dos melhores Zeldas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *